• Finanças do casal: reserva de emergência

    by  • 22/04/2013 • Finanças • 0 Comments

    Reserva de emegência (emergency fund) em pote de vidro. Foto: Inmagine.

    Quando comecei a fazer cursos de finanças pessoais foi que ouvi falar pela primeira vez no conceito de reserva de emergência.

    Trata-se de um dinheiro que você poupa e mantém guardada em uma conta isolada para o caso de imprevistos. Aquelas coisas que adoram acontecer justo quando você não pode arcar com a despesa, sabe? Problemas no carro, demissão do trabalho, acidente, doença e por aí vai…

    Quando pegam a gente de calça curta, esses inesperados podem nos colocar numa situação financeira desesperadora de dívidas que se acumulam.

    A reserva de emergência serve para, uma vez que chega o susto, vocês “comprarem” tempo para fazer as manobras necessárias.

    Perdeu o emprego? Dá para pagar as contas de uns meses até você se recolocar. Bateu o carro e lá vem uma conta enorme? Dá pra pagar sem precisar deixar nenhuma outra conta sem pagar. A lista de “vai que…” não termina!

    O recomendado é juntar um valor que corresponda a três meses da renda do casal. Não é um fundo que se constrói da noite pro dia, mas sim no ritmo da formiguinha daquele conto com a cigarra: de pouquinho em pouquinho nos dias fartos, para não faltar no inverno.

    O fundo de emergência é a primeira reserva financeira que vocês devem fazer, antes mesmo de começar a juntar para aposentadoria, viagens e etc. E o importante é se comprometer a repor esse fundo sempre que for usado. Se não, ele perde o sentido…

     

    About

    Já queimei arroz, mas hoje faço o melhor molho à bolonhesa da cidade!

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *